A morte eterna de Satanás, seus anjos e dos ímpios

Porque eis que aquele dia vem ardendo como forno; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós, que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e salvação trará debaixo das suas asas, e saireis, e crescereis como os bezerros do cevadouro, E pisareis os ímpios, porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés naquele dia que farei, diz o Senhor dos exércitos. Ml 4:1-3

 O texto de Is 14:13-14 revela o desejo sórdido do coração do diabo quando ele dizia: eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono. Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao altíssimo. Com isso ele assinou sua sentença de morte, porque em Ap 12:7, diz: E ouve batalha no céu: Miguel e seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhava o dragão e seus anjos. Mas graças a Deus que ele foi derrotado. O v.8 diz: não prevaleceram, nem o seu lugar se achou nos céus. O grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo, e satanás, foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. Por isto que no um anjo lamenta: Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu até vós. (v.9,12)

1-Onde e a quem o diabo apareceu pela primeira vez aqui na terra, e o que ele fez? Gn 3:1-6.

 2-Quando o diabo recebeu de Deus aqui na terra o primeiro aviso de sua morte? Gn 3:15. Rm 16:20.

 A mulher foi enganada e convencida pelo diabo a comer do fruto que Deus proibiu. Como ela, hoje muitos estão enganados e convencidos pelo mesmo tentador a comer daquilo que Deus disse: não comereis. Eva foi duramente castigada, e seu castigo atingiu todas as outras posteriores a ela. Em Gn 3:16 Deus disse: Multiplicarei grandemente a tua dor e a tua conceição; com dor terás filhos; o teu desejo será para o teu  marido e ele te dominará. Adão, convencido pela a mulher, também comeu. No v.17 Deus lhe disse: Porquanto deste ouvido à voz da tua mulher e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: não comerás dela; maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Com este pecado de Adão, a terra foi amaldiçoada; ele passou a viver com dor e fadiga, teve de passar pela morte, a qual alcançou a todos os homens (Rm 5:12). O que nos traz esperança é que da semente da mulher, nasceu um que vai esmagar a cabeça de satanás.

 3-Após a primeira ressurreição, onde se encontrava a igreja de Cristo? ITs 4:16-17. Ap 20:4,6.

 4-Durante o milênio, ficarão humanos vivos na terra? Ap 20:5. Jr 25:33. 4:23-27. Is 24:1.

 5-O que acontecerá com satanás antes de seu julgamento, e por quantos anos ficará preso? Ap 20:2,7.

 6-Que prova temos que a segunda ressurreição é para os ímpios? Is 24:22. Ap 20:13

 7-Qual o trabalho de satanás, entre a ressurreição, julgamento e morte eterna dele, de seus anjos e dos ímpios? Ap 20:7-9.

 Em Ap 19:1 diz: Depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma grande multidão, que dizia: Aleluia: salvação, e a glória, e honra, e poder pertencem ao nosso Deus. Essa era a esperança de Paulo, de estar no céu nesse grande dia; e isto ele passa para a igreja, porque em ITs 4:16-17 ele fala: Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, ao encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Então, durante o milênio, os salvos passarão com Cristo no céu, e após esta primeira ressurreição, começa a contagem dos mil anos.

 Deus mostrou ao profeta Jeremias que nesse período a terra estava assolada e vazia; que no céu não tinha mais luz, que homens nem aves haviam, que a terra fértil era um deserto, e todas as cidades estavam derrubadas. Não ficará ninguém vivo para chorar, nem recolher, nem sepultar os seus mortos, como acontece hoje após um terremoto, por exemplo. O profeta termina dizendo que ficarão como estrume sobre a face da terra. E o Senhor disse a João que os mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Somente satanás ficará vivo durante o milênio, e amarrado porque não terá a quem tentar. Mas, acabados se os mil anos, os ímpios serão visitados (Is 24:22), ou seja, voltarão a vida. Então o mar deu os mortos que nele havia, a morte e o inferno (sepultura) deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. Com a ressurreição dos ímpios, satanás será solto da sua prisão, e irá enganar as nações sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como areia do mar, para as ajuntar em batalha, e subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; mas desceu fogo do céu, e os devorou. Morreram a segunda vez, e para sempre.

8-Como entender a expressão: Fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos de Mt 25:41 e de Ap 20:10 que diz: E serão atormentados pelo séculos dos séculos? Jr 17:27. Is 33:14.

9-Que prova temos da destruição eterna dos ímpios? Ap 21:8. Is 33:14. Ml 4:1,3. IIPe 3:12.

10-O que irá acontecer com a própria morte e o inferno? Ap 20:14. Is 26:14. Ob 16.

No livro de Lc 13:34, o Senhor profetizou sobre Jerusalém, que matava os profetas e apedrejava os enviados, disse Ele: quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha os seus pintinhos debaixo das asas, e não quiseste. Em Mt 24:1-3 os discípulos lhe mostraram a estrutura do templo, e Ele lhes disse: não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. Os discípulos pediram: dize-nos quando serão estas coisas, ou seja, a queda do templo, ou a destruição de Jerusalém. Esta pergunta Ele respondeu em Lc 21:20, quando disse: Mas quando virdes Jerusalém cercada de exército, sabei então que é chegada a sua desolação.

No ano 70 ela foi cercada pelo exército romano, destruída e queimada, pois quebraram os mandamentos de Deus e rejeitaram o Cristo enviado de Deus. Do templo, hoje só resta o muro das lamentações, onde os judeus se reúnem, pedem benção e perdão e lamentam pela ruína e por terem sido punidos e castigados por Deus. Daí nós entendemos porque o fogo de Jerusalém nunca se apagou. É como disse Jeremias (Jr 17:27up): então acenderei fogo nas suas portas o qual consumirá os palácios de Jerusalém, e não se apagará. Sabemos que o fogo não continua queimando Jerusalém, assim também é o fogo eterno que irá queimar satanás, anjos e ímpios, não ficará queimando para sempre, porque em Isaias está a pergunta: Quem habitará com o fogo consumidor? Quem habitará com as labaredas  eternas? Os pecadores ímpios, tímidos, incrédulos, abomináveis, homicidas, idólatras e mentirosos não irão resistir, mas serão lançados no lago de fogo e enxofre, o que é a segunda morte.

O profeta Malaquias diz que serão queimados como palha, e que se farão cinza debaixo da planta dos pés dos justos. Pedro resume dizendo que os elementos ardendo se fundirão, ou seja, derreterão e serão consumidos. Concluímos com a palavra que diz: E a morte e o inferno, ou seja, satanás seus anjos e ímpios foram lançados no lago de fogo; esta é a segunda morte. Deus disse pelo profeta Isaías que estes nunca mais voltarão à vida, por Ele foram visitados, destruídos e apagados toda sua memória. Disse o profeta Obadias: Serão como se nunca tivessem sido.

O trabalho do homem e da mulher na Igreja de Deus

As mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é indecente que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. Mas, se alguém ignora isto, que ignore. ICo 14:34-38.

 O tema deste estudo é polêmico e muito discutido. Muitas igrejas que dizem fazer a vontade de Deus adotam a consagração de pastoras. O sacerdote da igreja deve ter conhecimento, sabedoria e muita humildade para receber, viver e ensinar a verdadeira vontade de Deus ao rebanho de Cristo, mesmo que rejeitado por muitos e aceito por poucos. Você teria a humildade para aceitar a posição da mulher e do homem imposta por Deus à Sua igreja? Ou mudaria esta doutrina? O pé não quer ser a mão, a mão não quer ser a cabeça nem o cérebro quer ser o coração, portanto um não quer viver sem o outro, nem tomar a função do outro. Assim é o trabalho do homem e da mulher na igreja de Deus, como estudaremos a seguir.

 1-Em que posição Deus usou as mulheres de Sua igreja desde o Antigo Testamento? Ex 15:20; IICr 34:22-23; Lc 2:36-38; ICo 11:5.

 2-Paulo recomendou que os irmãos da igreja que estava em Roma recebessem Febe como diaconisa ou como irmã e serva de Deus? Rm 16:1. Explique o v.2.

 3-O bom trabalho de Dorca autoriza a Igreja a consagrar mulheres ao diaconato? At 9:36,39.

 4-Com que as mulheres abençoadas serviam ao Senhor Jesus? Lc 8:2-3. 7:44-46.

 Muitas mulheres foram usadas nas mãos de Deus, como Miriã, irmã de Arão, e a profetisa Hulda, mulher de Salum, que profetizou sobre a ruína de Jerusalém.  A profetisa Ana, de quase oitenta e quatro anos, teve o privilégio de assistir a apresentação do menino Jesus e profetizar sobre Ele. Em todos os tempos Deus têm usado algumas de Suas servas como profetisas para falar com Seu povo. E nós, como povo de Deus, devemos aceitar a Sua vontade. O que não podemos fazer é consagrar individualmente mulheres ao diaconato, tomando por base as recomendações de Paulo em relação à Febe. Paulo pede que os irmãos à ajudem naquilo que ela necessitar, pois ela hospedava muitos irmãos em sua casa, inclusive Paulo, e ele lembra aos irmãos que isto convém aos santos. Trabalho como o de Febe e de Dorca é recomendado a todos os servos e servas de Deus. Da mesma forma as mulheres que depois de abençoadas serviam a Cristo com as suas fazendas. A primeira função do diácono é ser encarregado da distribuição dos fundos comuns aos fiéis cristãos. Foi exatamente para isto que os sete homens de At 6:3 foram consagrados.

 5-Paulo recomendou Febe (Rm 16:1,3,6,12-15), falou de Priscila, Maria, saudou a Júnia, a qual esteve presa com Ele, saudou a Trifena e a Trifosa, e a Pérsida, as quais trabalhavam no Senhor. Saudou a mãe do Rufo, Hermas, Patrobas, Hermes, Júlia, a irmã de Nereu e a Olímpia. O que Paulo proibiu as mulheres fazer nas igrejas de Deus? E porque? ICo 14:34-35,37. At 2:42.

 6-Quais as qualidades devem ter as esposas dos consagrados? ITm 3:11.

 7-Nos dias de Cristo as filhas de Israel conheciam as Escrituras Sagradas? Jo 4:12,19-20,25.

 O trabalho da mulher sempre foi aceito e louvável na igreja de Deus. Paulo reconhecendo isto, deu carta de recomendação a Febe como irmã em Cristo, pois esta servia a Deus na igreja de Cencréia; enviou saudações às outras irmãs que também serviam e trabalhavam para Deus. Nem por isso Paulo concedeu consagração de diaconisa, bispa ou pastora para guiar e ensinar a igreja de Deus, porque ele mesmo orientou as mulheres a se manterem caladas nas igrejas, pois não lhes era permitido falar. Depois ele enfatiza dizendo: Isto é o que ordena a lei… Porque é vergonhoso que as mulheres falem nas igrejas. Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. No v.38 ele conclui: Mas, se alguém ignora isto, que ignore.

 À esposa do consagrado ele recomenda: Seja honesta, não maldizente, sóbria e fiel em tudo. Isto não impede que as mulheres servas de Deus estudem as Escrituras Sagradas, como a samaritana que conhecia a história de Jacó e do poço, e com poucas palavras do Senhor Jesus ela entendeu que Ele era profeta. Sabia também que o Messias que haveria de vir se chamava Cristo, e que quando Ele viesse ensinaria tudo aos filhos de Israel.

 8-Porque a mulher não pode dirigir a igreja de Deus?  ITm 2:11-14. Ef 5:22-23.

 9-Quem deve ser chamado para orar e ungir os enfermos?  Tg 5:14.

 10-Deus chamou Noé, Abraão, Isaque, Moisés, Josué, Davi, Salomão e tantos outros, até ao Senhor Jesus, Seu filho. O Senhor chamou doze apóstolos e mais setenta discípulos (Lc 6:13; 10:1). Os apóstolos separaram Matias ao apostolado, mais sete homens para o diaconato (At 1:26; 6:3). Porque Deus não chamou mulheres para dirigir o Seu povo? Gn 3:16. ICo 11:3,7.14,34.

 11-Que trabalho Paulo recomendou às mulheres na igreja de Deus? E por que? Tt 2:3-5,10.

 O dirigente da igreja é responsável por ensinar e guiar a sua própria casa e todo o rebanho de Deus. Se for uma mulher, deve guiar, ensinar e ser autoridade na igreja e também sobre o seu próprio marido. Neste cenário aparece o apóstolo Paulo e diz: Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio (I Tm 2:12). Outra vez ele diz: Vós mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor, porque o marido é cabeça da mulher… Em At 2:42 vemos que a igreja de Cristo guardava a doutrina dos apóstolos. Você guarda? Quando você está enfermo (a) chama o presbítero ou a pastora? Tg 5:14 responde. A igreja que tem mulher na direção, não segue a doutrina de Deus, nem de Cristo, nem dos apóstolos. Você tem conhecimento no Antigo Testamento, de que Deus consagrou mulher à sacerdotisa para dirigir seu povo? Ou se o Senhor Jesus separou alguma mulher para o apostolado? Ou se os apóstolos consagraram alguma irmã para o diaconato?  Deus não permitiu que seus sacerdotes consagrassem mulheres para dirigir seu povo, porque ela será dirigida pelo homem, o qual Deus deixou por sua cabeça. Paulo diz que o homem é a imagem e a glória de Deus, e a mulher a glória do homem. Ele manda que as mais idosas fossem mestra no bem, e ensinassem as mais novas a serem prudentes, que amassem seus maridos e filhos, e que fossem boas donas de casa e que sujeitassem a seus maridos, para a palavra de Deus não ser blasfemada, para que em tudo sejam ornamentos da doutrina de Deus, nosso Senhor.

 A palavra mulher aprece 639 vezes no Antigo Testamento, e 188 no Novo; o primeiro registro está em Gn 1:27 e o último em Ap 21:9. Em nenhum ela aparece como dirigente do povo de Deus.

 Encontramos a palavra pregador sete vezes no Antigo Testamento, e seis no Novo, sendo a primeira em Ec 1:1 e última em IIPe 2:5. Não encontramos nenhuma vez a palavra pregadora. (Pesquisa na Bíblia Online).

 Encontramos centenas de sacerdotes de Gn 14:18 a Ap 5:10, e nenhuma sacerdotisa. Encontramos presbíteros administrando o povo de Deus (IPe 5:1, e também a consagração dos diáconos (At 6:3) e nenhuma bispa ou diaconisa.

 Conhecemos governadores, desde José do Egito (Gn 42:6) ao rei de Damasco (IICo 11:32), e nenhuma governadora ou presidenta. Mudar este quadro é inverter a palavra de Deus. Não podemos fazer isto para agradar a quem quer que seja. Não podemos ignorar as palavras de Paulo que diz que as mulheres não podem ensinar porque quem ordena é a lei, e que se alguém cuida em ser profeta ou espiritual, reconheça que as coisas que escreve, é mandamento de Deus, mas se alguém ignora isto, que ignore. (ICo 14:34,37-38). Que Deus vos abençoe e vos dê entendimento para obediência da Sua palavra.

O PERIGO DA BEBIDA FORTE E DO VINHO

Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro! Tu, que lhe chega o teu odre, e o embebedas, para ver a sua nudez, Serás farto de ignomínia em lugar de honra; bebe tu também, e sê como um incircunciso; o cálice da mão direita do Senhor se voltará sobre ti, e vômito ignominioso cairá sobre a tua glória. Hc 2:15-16.

O homem que faz uso da bebida alcoólica, mostra desequilíbrio mental e moral. No começo, uma dose é suficiente para uma leve e falsa sensação de tranquilidade. Três semanas depois, é necessário duas doses para sentir o mesmo efeito. E assim vai aumentando o consumo de álcool para ter a sensação de embriaguez. Normalmente, o indivíduo nesta situação diz que bebe e não fica bêbado, e pára quando quiser. Esse comportamento já é sinal de uma dependência que pode levá-lo a uma situação precária. Muitos começaram com uma dose, a qual foi se multiplicando, e como resultado, feriu a sociedade com a destruição de muitas famílias. Vamos para as Escrituras Sagradas, ver o que ela tem para nos ensinar sobre a bebida forte e o vinho.

O VINHO E SEU RESULTADO TRAGICO

1-Em Gn 19:32 Ló aceitou beber o vinho que suas filhas lhes ofereceu, qual foi o resultado? Gn 19:33,37.

2-O que aconteceu a Moabe e Ben-ami, filhos e netos de Ló, e seus descendentes? Jr 48:15-16. Am 2:2. Sf 2:9. IISm 12:30-31.

3-Em que resultou a embriaguez com vinho na vida de Noé, e de seu filho caçula? Gn 9:21,24-25.

4-Depois de amaldiçoado pelo pai, o que aconteceu com o futuro de Cão e seus descendentes?  Sl 106:38. Dt 32:49. Sf 2:4-5. At 13:19.

O sabor do vinho é atraente e agradável. Por isto que as duas filhas de Ló, lhe convenceram a beber. Ele, atraído pelo sabor da bebida, e incentivado por elas, perdeu o controle e ficou muito embriagado. A filha mais velha, tomando proveito disso, se deitou com o pai. No segundo dia que Ló se embriagou, a filha mais nova também se deitou, sem que ele percebesse. As duas ficaram grávidas, e como resultado, deram dois filhos a ele, Moabe e Ben-Ami. Jr 48 conta a história de Moábe, o qual se enriqueceu e foi um homem arrogante (v.29) e idólatra (v.35). Por isso foi castigado: sua terra fértil parou de produzir; Deus mandou o destruidor a terra de Moabe, seus mancebos e quase todos os moabitas foram mortos, e seu orgulho foi quebrado. Com o seu irmão Ben-Ami, não foi diferente. O Rei Davi com o general Joabe guerreou contra os amonitas, descendentes de Ben-Ami, e os derrotaram, tiraram a coroa da cabeça do rei e colocaram em Davi, e os amonitas que sobraram foram prestar serviços de mão de obra aos filhos de Israel.

O patriarca Noé, ao descer da arca, plantou uma vinha, e como Ló, atraído pelo vinho, se embriagou, a ponto de tirar a própria roupa dentro da tenda. Cão, um de seus filhos não evitou lhe ver nu. Quando Noé sarou da embriaguez e soube do acontecido, amaldiçoou e o condenou a servir a seus irmãos. Passou a ser idólatra, ele e sua geração. Depois disso, seus descendentes foram viver em uma terra boa e espaçosa, a qual manava leite e mel, mas Deus a tomou e a deu aos filhos de Israel. Mais tarde, Deus prometeu destruir a terra de Canaã, e não deixaria sequer um habitante. Muito tempo depois, em uma de suas mensagens, Paulo fala que Deus destruiu as sete nações da terra de Canaã. O profeta Sofonías escalou as sete: Gaza, Asquelom, Asdode, Ecrom, Quereteus, Canaã e os Filisteus.

O uso do vinho mudou a história de duas famílias. Depois que Ló teve filhos com as próprias filhas, a sua vida não foi mesma. Seus descendentes adoravam deuses estranhos, milhares deles foram mortos ao fio da espada, e sentiram o peso da humilhação sendo levados como escravos a prestar serviços ao Rei Davi. Noé amaldiçoou Canaã seu filho a servir seus irmãos. O mesmo se transformou em uma grande nação, a qual foi habitar em uma região de terras férteis, mas entrou em guerra com Israel e foi destruída (Nm 21:3). Os que sobreviveram foram trabalhar forçado para os filhos de Israel (Js 17:13). Todos esses episódios de pecados, maldição e destruição, são resultado de embriaguez causada pelo vinho.

VINHO CONDENADO

5-Qual o comportamento de quem se embriaga com vinho? Pv 23:30,33. Pv 20:1.            

6-Como se conhece de longe, um homem que é chegado no vinho? Is 28:7.

7-Que risco está correndo, o crente que começa tomar vinho, e por quê? Hc 2:5. Is 65:11.

8-Como são considerados os pastores, que não deixam do vinho, e porque Is 56:11-12. 

9-Leia Jr 35:2,5 e responda: Qual foi a prova dada por Deus aos filhos de Jonadabe, filho de Recabe, e porque eles venceram? Jr 35:6,14,19.

10-Qual o conselho, o Rei Lemuel recebeu de sua mãe, e por que. E a quem ele deveria dar a beber vinho? Pv 31:4-7.

11-Qual a recomendação de Paulo para a igreja de Deus, em relação ao vinho? Ef 5:17-18.

12-Qual a recomendação de Paulo aos consagrados da igreja de Deus? ITm 3:3,8. Tt 1:6-7.

A maioria das pessoas que fazem uso da bebida alcoólica têm duas personalidades. Quando estão sob o efeito dela, ficam com olhos vermelhos, veem coisas estranhas, falam perversidades e andam cambaleando. Por isso o crente não pode começar a beber o vinho; ele é traidor.

O desejo de quem bebe vai aumentando, e fica como a sepultura; é como a morte, nunca se farta; até que no fim as pessoas trocam Deus pela bebida. No Juízo final, enfrentará a espada e vai receber a morte como recompensa. Assim também os pastores que não compreendem a vontade de Deus, não ensinam essa doutrina, são considerados como cães gulosos, bebe vinho e acreditam que o amanhã é como o dia de hoje, ou ainda melhor. Esses homens, como os filhos de Israel, não obedeceram a palavra de Deus.

O crente deve obedecer a Deus, como os filhos de Jonadabe, ouvir os mandamentos de Deus e nunca mais se esquecer. Se Ele nos prova enviando alguém com vinho para nos oferecer, devemos lembrar dos conselhos da mãe do rei Lamuel, que dizia para ele não beber vinho e nem bebida forte para não esquecer da lei. Um dos mandamentos dados aos consagrados da Igreja de Deus, começa dizendo que se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja, porém, que não seja dado ao vinho (ITm 3:1,3,8).

VINHO PERMITIDO POR DEUS

13-Entre outros alimentos, o que mais era servido na mesa do sacerdote? Dt 18:4

14-Que conselho Paulo deu a Timóteo ITm? 5:23.

15-Que promessa fez Deus ao seu povo? Jl 2:19. Is 55:1.

Encontramos na Bíblia Sagrada, o vinho sendo usado pelo povo de Deus desde os tempos remotos, aliás, estava relacionada entre as bênçãos prometidas por Deus aos filhos de Israel (Dt 33:28).

Era também entregue como dízimo (Ne 13:12). Era considerada como primícia, e entregue ao sacerdote (Dt 18:4). Foi desse vinho que Paulo recomendou a Timóteo que tomasse um pouco por conta das enfermidades que frequentemente sentia. Foi desse vinho que Deus disse pelo o profeta Joel que daria com fartura a seu povo.

Cristo se  apresentou aos povos como, água, vinho e leite. Ele está se referindo ao vinho puro, o mesmo de Lc 22:20 que disse: Este cálice é o novo testamento do meu sangue, que é derramado por vós. Esse vinho, também conhecido  como mosto, é o sumo da uva, antes da fermentação completa; é o vinho novo que o Senhor se referiu em Lc 5:37-38, onde explica que não pode colocar vinho novo em odres velhos, porque o vinho novo aumenta muito com a fermentação, e o odre velho é um recipiente de couro que já perdeu a elasticidade, e não suporta o vinho novo, e se rasga.

Devemos diferenciar o vinho novo, que não tem álcool, do vinho fermentado, porque esse é escarnecedor (Pv 20:1). E ainda diz: Não estejas entre os beberrões de vinho (Pv 23:20).

Finalizamos com o conselho de Paulo: Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito (Ef 5 17:18).

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 51 outros seguidores