Arquivo mensal: novembro 2005

Rspostas a comentários

Sistema adotado no antigo SPACE LIVE
RESPOSTA REFERENTE AO COMENTÁRIO DE JHONY FRANÇA:
 “quem bom seu comentario, diria ate que vc é um excelente filósofo em consegui pensar tudo isso sozinho, me descupe, na minha singela ingnorancia, pois tudo que vc disse e na verdade uma grande confusão teologica da sua cabeça, só para exclarecer, vc não distiguiu a vinda de Jesus misturando a primeira fase do arrebatemento, com a volta de Cristo ja com sua noiva apos as bodas do cordeiro, e isso sem duvidas te levou ao seu segundo erro, falar de forma tão generalizada dos pastores do Senhor Jesus Cristo, sim concordo com vc quando diz que a falsos profetas, mas tb a falsas interpretações teologicas como a sua meu amigo, se vc gastasse seu tempo procurando cita tantos texto fora do contexto não cairia numa sitação tão ridicula assim, ja diz o ditado todo texto sem contexto e pretexto, “não toquei nos meus ungidos” ainda que estejam errados Deus tratara com Eles. graça e paz!!
Pr. Jhony França”
“Olá Jhony. Obrigado pelo comentário, apesar de sua ironia.
Quero dizer que em meus estudos não desabono e nem ataco os servos de Deus, até porque eu tambem sou um deles. Apenas alerto as pessoas a ficarem precavidos dos falsos profetas que falam mentiras em nome de Deus. Não entendí porque voce se arrepiou quanto a isso. Vou continuar a falar da palavra de Deus, se Deus quiser, mesmo sabendo que isso desagrada a muitos, inclusive a satanas.
FIQUE COM DEUS”
ESCLARECIMENTOS:
Você diz que eu fiz uma mistura do arrebatamento dos féis  e da segunda vinda de Jesus Cristo.
Eu gostaria de saber onde você encontrou esse arrebatamento antes da segunda vinda de Cristo.
Paulo foi apóstolo, santo, justo e fiel e como tal também esperava o arrebatamento.
I Tessalonicenses 4
15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. 16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

Jhony, comentários são bem vindos, porém, para fazer críticas como essas leia bem a Bíblia e apresente citações que deêm base ao seu comentário e que esta base não seja apenas o ensinamentos de pastores, pois veja o que diz o apóstolo Paulo:

Gálatas 1

8

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.

9

Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.

E recomendo ainda que verifique o estudo TERCEIRO MILÊNIO pra que entendas que nem todo pastor é um ungido de Deus e principalmente para que não sejas contado no o rol dos falsos profetas.

Deus te abençõe e te ilumine.


RESPOSTA REFERENTE AO COMENTÁRIO DE “SEM NOME” COM DATA DE 17 DE MARÇO ÀS 11:03

“Irmão que loucura é esta, esta sua ídéia é um verdadeiro disparate, pela suas contas Jesus mofou na sepultura ou seja ficou nada mais nada menos que cinco dias. porque a bíblia afirma que Ele ressucitou no PRIMEIRO DIA DA SEMANA, ou seja NO DOMINGO.
CONSELHO: Meu amado, capricha mais nos estudos da bíblia e dê menos vazão aos seus desvaneios, até porque isto é muito perigoso.
A BÍBLIA AFIRMA: JESUS RESSUCITOU AO TERCEIRO DIA: o dia do judeu começa às 18:00 horas ou ao por do sol e termina às 18:00 horas do outro dia.
Jesus morreu às tres da tarde de sexta feira (primeiro dia)
18:00 horas de sexta à 18:00 horas do sábado (segundo dia)
18:00 horas do sábado à 18:00 horas do domingo (terceiro dia)
Jesus possivelmente tenha ressucitado na madrugada de domingo (terceiro dia).
é só isso meu amado, não tem o que inventar.
 
Um abraço,”
Olá Celso. Tudo bem? Obrigado pelo comentário.
Você diz que é uma loucura eu dizer que Jesus morreu numa quarta-feira às 15 h, e foi sepultado provavelmente ao pôr do sol.
É bem verdade o que você diz em seu comentário, que os dias dos judeus eram contados das 18:00 h as 18:00 h horas do dia seguinte.
Em Mateus 12:40 o próprio Jesus afirma que ele ficaria três dias e três noites na sepultura. Você acredita nas palavras de Jesus? 
Se ele morreu numa sexta-feira às 15 h e ressuscitou na madrugada do domingo, como você diz em seu comentário, então faça a contagem regressiva dos três dias e das três noites, e descubra o dia e a hora do sepultamento de Jesus. Se isso fosse verdade, o sepultamento de Jesus teria ocorrido ao amanhecer da quinta -feira, não era?
Segundo a sua contagem:
Das 18h de sexta às 18h de sábado: 1 dia e 1 noite
Das 18h de sábado à madrugada de domingo: 1 noite
Totalizando 2 noites e 1 dia.
Onde você encontrou 3 dias e 3 noites neste espaço de tempo?
Isso só seria possível, de acordo com sua idéia absurda de fazer das 15h às 18h de sexta ser 1 dia.
Por favor, veja o verdadeiro desvaneio em suas palavras:
 “Jesus morreu às três da tarde de sexta feira(primeiro dia).”  COMO???? ONDE TEM 1 DIA NESSE PERÍODO???
“18:00 horas de sexta à 18:00 horas do sábado (segundo dia)” 1 DIA E 1 NOITE
“18:00 horas do sábado à 18:00 horas do domingo (terceiro dia)” ÀS 18H DO DOMINGO? MAS VC NÃO DISSE QUE ELE RESSUSCITOU AO AMANHACER DO DOMINGO?
“Jesus possivelmente tenha ressucitado na madrugada de domingo (terceiro dia).
é só isso meu amado, não tem o que inventar…”  MAIS INVENÇÃO DO QUE ISSO, IMPOSSÍVEL MESMO.
Jesus não mentiu, nem tão pouco mofou na sepultura como você diz. Ele disse e aconteceu: ficou 3 dias e 3 noites sepultado.
Jesus foi morto às 15h de quarta e sepultado, provavelmente, no pôr-do-sol, às 18h.
Eis as três noites:
1ª – noite de quarta para quinta,
2ª – noite de quinta para sexta,
3ª – noite de sexta para sábado.
Eis os três dias:
quinta,
sexta e
sábado.
Ressuscitou, provavelmente, na noite do sábado completando a contagem de Jesus que é de três dias e três noites (Mat. 12:40). Porque em Lucas 24:1 e 2 lemos que na madrugada de domingo as Marias já encontraram o sepulcro aberto, e no v 6, um anjo disse a elas que Jesus não estava lá, mas já tinha ressuscitado. 
Dê espaço para que Deus ilumine seu entendimento. Um abraço.

RESPOSTA REFERENTE AO COMENTÁRIO DE MATILDE
Olá Matilde. Agradeço sua visita a este espaço e seu comentário. Transmitir o que recebemos de Deus na verdade é apenas o nosso dever, e o que fazemos aqui, por muito que seja ainda é pouco. Sobre a sua colocação: “existe um corpo de Cristo na terra e esse corpo e vivo onde a mao naum faz o que o coracao faz, cada parte do corpo tem uma funcao omde um naum substitui o outro, e vc e parte deste corpo , porem naum e o corpo todo, a revelacao que vc tem pode naum ser a mesma de outras igrejas que tambem sao parte deste corpo vivo de Jesus aqui na terra! “ digo: Quando Paulo fala de diferentes membros, nao se refere a todas as igrejas que pregam em nome de Jesus, pois ele mesmo recomenda: não sejais meninos inconvenientes, levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astucia enganam fraudulosamente (Ef. 4:14). Paulo alerta os membros da igreja a terem cuidado com algumas igrejas que nao pregam a verdade. E quando ele diz: o pé nao pode ser mão, a orelha não pode ser o olho… e que Deus colocou os membros no corpo, como quis (I Cor. 12:15-18) Paulo se refere aos dons e cargos que Deus colocou na igreja, ex. apóstolos, profetas, doutores, milagres, depois dons de curar, socorros, governo, variedade de linguas e pra não deixar dúvida, explica: por ventura são todos apóstolos? São todos profetas? São todos doutores? São todos operadores de milagres? Tem todos o dom de cura?… (I Cor. 12:27-30). Em Rom. 12:6-8 Paulo explica melhor quando diz: De modo que tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé, se é ministério seja em ministrar, se é ensinar, haja dedicação no ensino, ou o que exorta, use esse dom em exortar… Em Ef. 4:11-12 Paulo completa: E Ele mesmo (Cristo) deu uns para apóstolos, outros para profetas e outros para evangelista, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos para a obra do ministério para edificação do corpo de Cristo. São esses membros que formam o corpo de Cristo, a igreja de Cristo aqui na terra e não as diversas igrejas e doutrinas, porque Jesus avisou: Surgirão falsos Cristos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos (Mat. 24:24). Sendo assim, nao podemos considerar que as igrejas formam o corpo de Cristo e sim, os fiéis da igreja de Cristo, mesmo tendo diferentes dons. E quem são eles? Os que guardam os mandamentos de Deus e tem o testemunho de Jesus (Apoc. 12:17 / 14:12).
Espero, sinceramente que tenha entendido. E que o Senhor e Seu amor seja sempre com você.
Pr. Luiz Gregório Gomes

Bênçãos para a tua vida!

O SENHOR te abençoe e te guarde;
O SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti
O SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

OS DEZ MANDAMENTOS – A LEI DE DEUS

A finalidade das leis sempre foi manter a ordem, seja no trânsito, na política, na economia ou qualquer segmento da sociedade organizada. As leis contribuem para a paz e a graça de todas as famílias de bem. No entanto, os desordeiros, os bandidos, traficantes e ladrões não se agradam de leis e regras, pois querem viver segundo seus interesses.

A Lei de Deus foi estabelecida para organizar a vida humana com base na verdadeira justiça. Ela expressa a vontade divina para a humanidade e define o estilo de vida daqueles que a aceitam. Esta Lei é composta de mandamentos santos, que poderiam consertar todos os erros se a humanidade se submetesse à justiça do Criador, que estabelece (Ex. 20:1-17):

  1. Não terás outros deuses diante de mim;
  2. Não farás para ti imagem de escultura e nem se encurvarás a ela;
  3. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão;
  4. Lembra-te do dia de sábado para o santificar, seis dias trabalharás e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus;
  5. Honra a teu pai e a tua mãe para que se prolonguem os seus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá;
  6. Não matarás;
  7. Não adulterarás;
  8. Não furtarás;
  9. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo;
  10. Não cobiçarás a casa do teu próximo e nem a mulher do teu próximo.

Se opor a essa Lei é se opor ao próprio Deus, é querer viver a sua própria religião e andar segundo os seus próprios pensamentos (Isaias 65:2). Aquele que decide viver fora dessas diretrizes insulta a Deus, e profana as coisas santas que Deus fez, porque a Lei é santa, o mandamento santo, justo e bom  (Rom. 7:12).

Não podemos anular a Lei pela fé (Rom. 3:31), até porque uma depende da outra: se obedeço a Lei é porque tenho fé, se tenho fé guardo a Lei (Tiago 2:17-18).

1- O que disse o salmista Davi em relação a Lei do Senhor?

R: Salmo 19:7 “A lei do SENHOR é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do SENHOR é fiel, e dá sabedoria aos símplices.”

Davi era um homem reto e temente a Deus e reconheceu que a Lei de Deus era perfeita. Disse ainda que a Lei de Deus refrigera a alma. Salmo 37:30-31 diz que o justo fala da sabedoria e sua língua fala do que é reto, porque a Lei do seu Deus está em seu coração. Dizer que a Lei de Deus não tem mais valor não é sinal de sabedoria e sim de tolice, porque o próprio Davi fala com a alma: deleito-me em fazer a Tua vontade, ó Deus meu, a Tua Lei está dentro do meu coração (Sal. 40:8).

2- Nós já sabemos que a lei é perfeita, mas o que é necessário para o homem ver as maravilhas da Lei de Deus?

R: Salmo 119:18

Existem inúmeros pregadores que se dizem servos de Deus, mas não guardam, não defendem e nem concordam com os mandamentos de Deus. Davi dizia o contrário: “desvenda os meus olhos para que veja as maravilhas da Tua Lei”. No v. 19 Davi diz: “Não escondas de mim os Teus mandamentos” e no v. 174 Davi vai mais além: “Tenho desejado a Tua salvação, ó Senhor, a Tua Lei é todo o meu prazer”.

3- Existe um tempo determinado para se encerrar a Lei de Deus?

R: Salmo 148:6

Assim como o salmista, Jesus também sabia que a Lei era para sempre e em tempo nenhum ela passaria ou deixaria de existir, até porque Jesus confirma: “Não cuideis que vim destruir a Lei e os profetas, não vim ab-rogar, mas cumprir” (Mat. 5:17). Jesus diz ainda: “Até que os céus e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido (v. 18 Luc. 16:17). Neste caso, a existência do céu e da terra anuncia que a Lei do Senhor permanece para sempre.

4- Nos últimos dias existirá alguém interessado em ouvir e aprender a Lei de Deus?

R: Miq. 4:1-2 / Isaias 2:3

5- Porque o povo deve procurar a ensinar e a falar da Lei?

R: Isaias 8:20

Nos últimos dias as pessoas irão sentir sede da Palavra de Deus, então irão a Deus, porque saberão que de Sião sairá a Lei, a Palavra do Senhor de Jerusalém. Essa foi a profecia de Miquéias para os últimos dias. E Isaias fala: “À Lei e ao testemunho, se eles não falarem segundo estas palavras nunca verão a alva”. Entendemos que essa mensagem jamais deve ser esquecida.

6- Em Mateus 24:29-31 e Isaias 50:6 Deus fala da vinda do Senhor. A quem Deus está falando?

R: Isaias 51:7 / Malaquias 2:6

Deus fala a um povo reto que tem em seu coração a Lei do Senhor, a um povo que realmente é servo, e servo é aquele que serve e obedece, que se lembra, que observa e que guarda a Lei e os mandamentos do Senhor (Sal. 119:55-56).

7- Qual é o grande mandamento da Lei de Deus?

R: Mat. 22:37-40 / Mar. 12:28-30

Muitos pregadores, se baseando nessas citações, pregam e ensinam que os dez mandamentos foram reduzidos em dois: amar a Deus e amar ao próximo. Porém, é impossível amar a Deus e não considerar, observar e guardar os quatro primeiros mandamentos (Ex. 20:3-11):

1º  Não terás outros deuses diante de mim;

2º Não farás para ti imagem de esculturas e nem se encurvarás a ela;

3º Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão;

4º Lembra-te do dia de sábado para o santificar, seis dias trabalharás e farás toda a tua obra, mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus.

Esses quatro mandamentos se resumem em apenas um: amarás ao Senhor teu Deus com toda a tua força e de todo o teu coração.

O segundo, semelhante a este, é: amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Também é impossível amar o próximo e não observar os seis últimos mandamentos (Ex. 20:12-17):

5º Honra a teu pai e a tua mãe para que se prolonguem os seus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá (até porque os pais são as pessoas mais próximas que Deus nos deu);

6º Não matarás (o próximo);

7º Não adulterarás (o próximo)

8º Não furtarás (o próximo);

9º Não dirás falso testemunho contra o teu próximo;

10º Não cobiçarás a casa do teu próximo e nem a mulher do teu próximo.

Os seis últimos mandamentos se resumem em um: amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Por esta razão Jesus disse: “Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas (Mat. 22:40). É o mesmo que Deus recomendou: “honra tua mãe e teu pai e guardas os meus sábados” (Lev. 19:3).

É enganosa, falsa e sem base bíblica a pregação de que Cristo veio abolir a Lei de Deus.

8- Quem trocou os mandamentos de Deus por suas próprias tradições?

R: Mat. 15:1-36-9 / Marcos 7:6-9 / Isaias 29:13

É comum ouvir líderes religiosos dizerem que se alcança a salvação somente pela fé, e não pela obediência a Lei, porém se alguém quebra apenas um dos mandamentos, por exemplo o 7º, este é expulso e eliminado da comunidade. Por isso, Jesus os classifica como hipócritas e fariseus, que pregam uma coisa e vivem outra.

9- O que disse Jesus ser o mandamento?

R: João 12:50 “E sei que o seu mandamento é a vida eterna. Portanto, o que eu falo, falo-o como o Pai mo tem dito.”

10- Quem nos mostra o pecado que cometemos?

R: Rom. 7:7

Jesus disse que o mandamento é a vida eterna e Paulo fala que a Lei não é pecado, porque ele só conheceu o pecado porque a Lei disse “Não cobiçarás” (10º mandamento).

11- Podemos crer em Jesus e desacreditar na Lei de Deus que Moisés escreveu?

R: Deut. 5:7-21 João 5:45-47

Também é comum ouvir de líderes religiosos que a Lei é de Moisés e que não deve ser obedecida, que o importante agora é viver somente pela fé em Jesus e o próprio Jesus diz: “Se cressem em Moisés também acreditariam em mim, pois Moisés escreveu a meu respeito, mas se não credes nos escritos de Moisés, como creríeis nas minhas palavras?” Logo, Jesus não aceita que alguém despreze a Lei de Deus escrita por Moisés e diga que crê em Seu nome. João fala que aquele que diz que conhece a Deus e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso e nele não está a verdade (I João 2:3). Apocalipse 14:12 diz que os santos serão conhecidos porque guardam os mandamentos de Deus e têm a fé em Jesus. Provérbios 28:9 diz que os que desviam seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração é abominável, por esta razão Paulo insistia em dizer que a Lei é santo, o mandamento santo, justo e bom (Rom. 7:12).

12- A fé é superior a Lei?

R: Rom. 3:31 7:25

13- Paulo também creu em tudo que estava na Lei?

R: Atos 24:14

14- João também ensinou os mandamentos?

R: I João 2:7

15- Com quem o diabo está irado?

R: Apoc. 12:17

16- Devemos guardar a Lei parcialmente?

R: Tiago 2:10

17- Vale a pena o homem viver sem a Lei e não dar ouvidos ao tomar conhecimento dela?

R: Rom. 2:12-13 / Heb. 10:26 II Ped. 2: 21-22 / Tiago 1:22

18- Paulo se preocupava com os crentes que estavam sem Lei?

R: I Cor. 9:20-21

19- Os mandamentos de Deus são pesados?

R:I João 5:3

20- Os sacerdotes que profanam a Lei e o sábado já existiam no tempo de Ezequiel?

R: Ez. 22:26 23:38

Por esta razão não devemos crer no que ensinam os sacerdotes, mas examinar se os seus ensinamentos estão de acordo com a Palavra de Deus, porque a Lei é que nos diz o que é pecado (Rom. 7:7). É obedecendo a Lei de Deus que podemos alcançar a graça da salvação por Jesus Cristo (Rom. 7:25).

E é fácil descobrir quais segmentos não têm a verdade: aqueles cujos sacerdotes transgridem a Lei e o sábado (Ez. 22:26) e se levantam contra o resto da semente dos que guardam os mandamentos de Deus (Apoc. 12:17) – esses são os falsos profetas. Para um deles Paulo, cheio do Espírito Santo, disse: “Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor?” (Atos 13:6, 9-10).

Há muito tempo os falsos profetas e profanos vêm enganando a todos, principalmente o povo de Deus (Ez. 13:9-10), mas Jesus avisa: “Acautelai-vos que ninguém vos engane (Mat. 24:4-5 / Mar. 13:4-5). E em Mateus 24:24 Jesus acrescenta: “Surgirão falsos cristãos e falsos profetas e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos”. Por isso, Paulo alerta: “Ninguém vos engane com palavras vãs, pois por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência, mas não sejais participantes com eles” (Ef. 5:6-7). Antes diremos o que Paulo disse: “Dou graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor. Assim que eu mesmo com o entendimento sirvo a Lei de Deus…” (Rom. 7:25).